Midias Sociais - Flickr

Notícias
Confira as últimas notícias do Super Kart Brasil
Notícias de: 2011  2012  2013  2014  2015  2016  2020  

Regulamento Técnico do SKB 10 anos

Foto de Fabio Oliveira
Foto de Fabio Oliveira


16/06/2020 às 13h35

REGULAMENTO TE?CNICO – SKB 10 ANOS - 2020

ARTIGO 1o - Somente podera?o ser utilizados os equipamentos homologados, ou autorizados, pela CBA, CIK ou CIK/CBA.

Para?grafo 1o - Tudo aquilo que na?o e? especificamente permitido neste Regulamento e? expressamente proibido e, sendo assim, todos os itens omissos neste Regulamento devera?o encontrar-se nas suas caracteri?sticas originais.
Para?grafo 2o - E? permitido, para todas as categorias, o uso de conta-giros e medidor de temperatura, velocidade, GPS, tempo de volta e, ainda, hori?metro, fixado junto a? bobina. E? proibido o uso de qualquer tipo de radiocomunicac?a?o, telemetria ou, ainda, qualquer tipo de ligac?a?o ele?trica/eletro?nica ao sistema ele?trico/eletro?nico do motor do kart.

ARTIGO 2o - ALTERAC?O?ES TE?CNICAS GERAIS PARA TODAS AS CATEGORIAS (Exceto Para as Categorias Mini, KZ e F-4).

1) – Somente sera?o permitidos carburadores Nacionais, qualquer marca homologado CBA 2013 e CBA 2021. Na categoria OK Plus, tambe?m sera?o permitidos carburadores homologados CIK/ FIA para a categoria.
2) – Somente podera?o ser usados carburadores tipo borboleta.

– A preparac?a?o interna dos carburadores Nacionais e? livre somente para a categoria OK Plus. Somente sera?o controladas as medidas na altura do difusor e a medida do corpo na altura da borboleta de acelerac?a?o, quando o regulamento da categoria exigir. Externamente devera?o ser mantidas as caracteri?sticas do fabricante.

3) – Fica proibida a utilizac?a?o de bomba auxiliar para combusti?vel.
4) – Nas medidas para o item carburador, ja? esta?o inclui?das as tolera?ncias.
5) -Juntas – As juntas de vedac?a?o no pe? do carburador/flange, flange/pira?mide e pira?mide/bloco, devera?o manter suas func?o?es de vedac?a?o, na?o podendo ocasionar entrada de ar falsa, sendo obrigato?rio o uso de apenas uma u?nica junta de no ma?ximo 2 mm de espessura.
6) - Pira?mide – Devera? apresentar a marca do fabricante, sem trabalho, e na?o podera? ocasionar entradas de ar.
7) - No conjunto motor/carburador, na?o podera? haver entrada de ar falsa, em hipo?tese nenhuma. 8) – Sera? obrigato?rio o uso de silencioso de carburador “intake silencer” homologado, sem nenhum trabalho, ou modificac?a?o de qualquer espe?cie tanto interna como externa.
9) – Ignic?a?o - Homologadas ou autorizadas CIK/FIA. Todo sistema de avanc?o e retrocesso progressivo e todo o sistema de circuito eletro?nico que possam variar quando o kart estiver em movimento sa?o proibidos. Exceto para os motores que tiverem ignic?o?es com limitador de giro.
As ignic?o?es devera?o ter tanto a amperagem quanto a curva de avanc?o, similares com as do fabricante.
As marcas e numerac?a?o da ignic?a?o na?o podera?o estar adulteradas de nenhuma forma, inclusive os nu?meros da bobina do rotor devera?o estar totalmente legi?veis sob pena de desclassificac?a?o do piloto.
10) - O acoplamento do motor com as rodas traseiras devera? ocorrer por meio de pinha?o, coroa e corrente, sem embreagem e sem caixa de engrenagens.
As Categorias que usarem pinha?o de 10 dentes este devera? ser de 20,5mm, com tolera?ncia de + 0,20mm em ambos os casos.
11) - Flexi?vel : o flexi?vel do escapamento devera? ter o dia?metro interno ma?ximo de 45 mm. com tolera?ncia de +0,1mm, ficando proibido o uso de qualquer outro material na?o flexivel.
12) Flange: o uso da flange/pira?mide sera? a original do motor com a marca do fabricante, sendo que o motor 2010 podera? utilizar a flange/pira?mide original 2010 ou 2013 e o motor 2013 somente podera? utilizar a flange/pira?mide 2013(exemplo: motor Iame, flange e piramide Iame),Exceto a categoria OK Plus que segue o regulamento CIK/FIA.
13) – Curva – A curva devara? ser homologada e da mesma marca do motor
14) – Motor - E? permitido o interca?mbio de pista?o, biela e pino entre os motores homologados
15) – Freio - Sera? permitido o uso de um duto de material pla?stico flexi?vel, com a func?a?o de resfriamento do freio.

ARTIGO 3o - EQUIPAMENTOS ESPECI?FICOS PARA O SUPER KART BRASIL Para?grafo 1o - CATEGORIA MINI

I – MOTOR – O motor sera? o Honda GX 160, autorizado CBA, monocili?ndrico,
refrigerado a ar, com partida de acionamento por corda, com carburador, filtro de ar, flange de equalizac?a?o, vela BPR6ES NGK, bomba de combusti?vel, embreagem de 20 dentes centrifuga e mesa. Fornecido pela RBC PREPARAC?O?ES DE MOTORES LTDA.
II – CHASSI – Devera? ser homologado CBA para a categoria, sendo ainda obrigato?rio o uso de eixo de material ferroso e imanta?vel com dia?metro de 35mm, com parede de espessura conforme RNK/CBA 2020.
a) Mangas de eixo:
1 – homologada CBA, com a marca do fabricante.
2 – Sera? proibida a regulagem das mangas de eixo, devendo estar equ?idistantes, e posicionadas no interior do seu suporte (U).
3 – Sera? proibido o uso de ane?is de encosto no lado interno das rodas. b) Rodas: Homologadas CBA para a categoria e DOUGLAS de material alumi?nio.
c) Cubo de roda: Homologado CBA para a categoria, conforme RNK.
d) Mancal do rolamento do eixo traseiro: Homologado CBA para a categoria.
e) Rolamento do eixo traseiro: Somente podera? ser utilizado o rolamento esfe?rico UC – 207 Ø35 x 72mm.
f) Freio: Obrigato?rio o uso de freio meca?nico com disco de freio ventilado, de dia?metro externo mi?nimo 160mm e espessura mi?nima de 4mm, podendo apresentar um desgaste ma?ximo de 1 mm. III - ESCAPAMENTO: Sera? obrigatorio o uso de abafador Homologado CBA conforme homologac?a?o 2013. Sendo liberado o uso, ou na?o, da manta interna do abafador.
IV - COROA – Sera? de 66 (sessenta e seis) ou 67 (sessenta e sete) dentes.
V - PNEUS - MG especificac?a?o CADETE

Para?grafo 2o - CATEGORIA JU?NIOR

I MOTOR – Homologado CBA, Conforme RNK 2020, refrigerado a a?gua, a
gasolina, com pinha?o de 10 (dez) dentes
II – VELA – Na?o podera? apresentar retrabalho. A rosca devera? ter dia?metro de 14mm, comprimento 19mm e passo de 1,25mm. O anel de vedac?a?o na?o podera? ser retirado, e a rosca da vela devera? estar faceando com a superfi?cie interna do cabec?ote, podendo ser utilizada somente uma das velas abaixo:
a) NGK B10 EGV b) NGK BR10 EG c) NGK B9 EG d) NGK B9 EGV
III – CARBURADOR Homologado CBA 2013/2021, na?o sendo permitido nenhum retrabalho, exceto as medidas das furac?o?es internas.
IV FLANGE – Devera? ser homologada CBA 2013, sem retrabalho ou qualquer artifi?cio que venha a provocar entrada de ar, com espessura mi?nima
de 15,00mm e dia?metro ma?ximo do furo de 28,00mm, devendo apresentar a marca do fabricante. V JUNTAS – As juntas de vedac?a?o no pe? do carburador / flange, flange /Pira?mide e pira?mide / bloco devera?o manter obrigatoriamente sua func?a?o de vedac?a?o, e na?o podera?o ocasionar entradas de ar.
VI PIRA?MIDE – Devera? apresentar a marca do fabricante, sem retrabalho, e na?o podera? ocasionar entradas de ar.
VII RELAC?A?O – Obrigato?rio o uso de pinha?o de 10 (dez) dentes e coroa de ate? 74 (setenta e quatro) dentes;
VIII CHASSI – Homologado CIK, CBA ou CIK/CBA. Sera? obrigato?rio o uso de eixo em material ferroso imanta?vel, com a marca de um dos fabricantes de
chassi homologado, com dia?metro mi?nimo de 40mm ou 50m, em conformidade com o artigo 6, paragrafo 3o. Os cubos de roda, sera?o livres com a marca de um dos fabricantes de chassi homologado.
IX FILTRO DE AR - Homologado CBA 2013/2021
X ESCAPAMENTO - Homologado CBA para a categoria, conforme RNK2020.

XI ABAFADOR - Devera? ser utilizado abafador homologado CBA conforme RNK2020. XII PESO - O peso do conjunto piloto/kart devera? ser de no mi?nimo 145kg.
XIII - PNEUS - MG especificac?a?o HZi (vermelho)

Para?grafo 3o - CATEGORIAS SE?NIOR E SUPER SE?NIOR

I – MOTOR – Homologado CBA (Marcas: KTT, IAME MY 09, IAME MY13, ITALSYSTEM e MAXTER), refrigerados a a?gua, devendo ser mantidas as medidas da ficha de homologac?a?o, sendo proibida a preparac?a?o, e tambe?m proibidos quaisquer artifi?cios que venham impedir, dificultar, ou mascarar a medic?a?o da ca?mara de combusta?o, na?o podendo haver a criac?a?o de quaisquer outras ca?maras, mesmo que interligadas, ou ainda fazer quaisquer tratamentos te?rmicos ou qui?micos. O retrabalho da rosca de assentamento da vela, de dia?metro 14,0mm e passo de 1,25mm, e ainda a invasa?o do espac?o da ca?mara de combusta?o pela vela, sera?o tambe?m proibidos. O volume mi?nimo obrigato?rio no interior da ca?mara de combusta?o sera? de 12cm3, conforme Ficha de Homologac?a?o. Sera? permitido somente um ajuste na terceira luz, apenas na camisa, para adequac?a?o na diagramac?a?o do motor, respeitando as medidas da ficha de homologac?a?o, sendo permitido ainda rasquetear o “canto vivo” das janelas de transfere?ncia, na parte inferior. Para vistoria, sera? tomado como base o motor homologado e lacrado em poder da CBA. Sera? permitido somente o uso de anel de 2,2mm.

II - CARBURADOR – conforme homologac?a?o CBA 2013/2021, na?o sendo permitido nenhum retrabalho, exceto as medidas das furac?o?es internas.
III - RELAC?A?O - Obrigato?rio o uso de pinha?o de 10 (dez) dentes e coroa de ate? 76(setenta e seis) dentes.
IV – CHASSI – Homologado CBA, CIK e/ou CIK/CBA. Obrigato?rio o uso de eixo em material ferroso imanta?vel, com dia?metro mi?nimo de 40mm e ma?ximo de 50mm. A espessura da parede devera? ser conforme a tabela do artigo 6 , para?grafo 3o . E? permitido o uso de mais uma bucha entre o cubo da roda e o mancal do chassi. Os Cubos de Rodas, sera?o livres com a marca de um dos fabricantes de chassis homologados.
V - FILTRO DE AR - Homologado CBA 2013/2021
VI - ABAFADOR - Devera? ser utilizado abafador Homologado CBA
VII - FLANGE - Sem retrabalho, com espessura mi?nima de 15,0mm e dia?metro ma?ximo de furo de 28,0mm , conforme ficha de homologac?a?o do motor.
VIII- ESCAPAMENTO - Homologado CBA para a categoria, conforme RNK2020
IX - PESO - O peso do conjunto piloto/kart devera? ser de no mi?nimo de 170kg.
X - PNEUS - MG especificac?a?o HZi (vermelho)

Para?grafo 4o -CATEGORIA F-4 e F-4 SÊNIOR

I - MOTOR – O motor sera? o Honda GX 390, autorizado CBA, monocili?ndrico, refrigerado a ar, com partida de acionamento por corda, com carburador, filtro de ar, flange de equalizac?a?o, vela BPR6ES NGK, bomba de combusti?vel, embreagem de 13 dentes centrifuga, escapamento e sem mesa. Fornecido pela RBC PREPARAC?O?ES DE MOTORES LTDA

II - COROA – 39 dentes;
III - CHASSI – Homologado CBA, CBA/CIK e ou CIK.
Eixo traseiro: Obrigato?rio o uso de eixo de material ferroso imanta?vel, com a marca de um dos fabricantes de chassi homologado, com dia?metro de 40 ou 50mm com 1060mm no ma?ximo, A espessura da parede devera? ser conforme a tabela do artigo 6 , para?grafo 3o.
Cubo de roda: Os cubos de roda, dianteiro e traseiro devera?o ter o comprimento de 75 ou 90 mm (± 1,0mm), com a marca de um dos fabricantes de chassi homologado.
IV - PA?RA-CHOQUE - Sera? permitido somente pa?ra-choque traseiro de pla?stico homologado CBA ou CIK/FIA.
V - IDENTIFICAC?A?O – Devera? ter placa com fundo na cor amarela com nu?mero na cor preta, e a sigla F4.
VI - TANQUE DE COMBUSTI?VEL - Devera? ser central, original do Chassi.

VII - PESO - O peso do conjunto piloto/kart devera? ser de no mi?nimo de 183kg VIII - PNEUS - MG especificac?a?o HZi (vermelho)
IX- ESCAPAMENTO- Modelo Spinery, Homologado CBA para a categoria.

Para?grafo 5o - CATEGORIA OK Plus

Ale?m do peso conjunto piloto/kart que devera? ser de no mi?nimo 155kg, todos os itens te?cnicos desta categoria sera?o de acordo com o regulamento CIK/FIA, com excessa?o dos itens abaixo relacionados:

I) Filtro de ar CIK e CBA de 23 mm
II) Pinha?o de 11 ou 12 dentes
III) Chassis homologados CIK, CBA ou CIK/CBA IV) Pneus MG especificac?a?o FZ (amarelo)

Paragrafo 6o - CATEGORIA KZ e KZ Senior

I - MOTOR: Permitidos todos os modelos homologados CIK-FIA de qualquer e?poca, conforme suas respectivas Fichas de Homologac?a?o, das seguintes marcas:
TM, MAXTER, OTK VORTEX, IAME, MOTORI SEVEN, ASPA Srl (Modena Motores). As pec?as originais do motor devem sempre corresponder e ser similares a?s fotografias, desenhos, materiais e dimenso?es fi?sicas descritas na Ficha de Homologac?a?o.

Modificac?o?es proibidas:
a) Interior do motor:
- curso;
- dia?metro (ale?m dos limites ma?ximos); - linha de centro da biela;
- nu?mero de janelas de transfere?ncia e admissa?o no cilindro e bloco; - nu?mero de dutos e janelas de exausta?o;

- outras restric?o?es conforme regulamentos especi?ficos. b) Exterior do motor:
- nu?mero de carburadores e dia?metro;
- Apare?ncia externa do motor montado.

A seguir alterac?o?es que na?o sa?o consideradas modificac?o?es na apare?ncia externa do motor: cor das pec?as, ajustes nas conexo?es do Sistema de Arrefecimento e modificac?o?es nas fixac?o?es (incluindo mas na?o se limitando a? fixac?a?o do carburador, da ignic?a?o, do escapamento, da embreagem ou do pro?prio motor), desde que sua posic?a?o na?o esteja diferente do especificado na Ficha de Homologac?a?o.

II - ESCAPAMENTO: Original homologada em ac?o magne?tico de espessura mi?nima de 0,75mm. III - SILENCIADOR DE ESCAPAMENTO (MARMITA ABAFADORA): Homologado CIK/FIA, qualquer marca, sem retrabalho, submetido a controle de rui?do com decibeli?metro. A organizac?a?o se reserva o direito de reduzir o limite de rui?do CIKFIA se assim entender ser do seu interesse, e solicitar que qualquer concorrente substitua sua pec?a por outra mais silenciosa, a qualquer momento. Acoplamento da curva conforme desenho anexo (CIK-FIA Technical Drawing N° 20).

IV - CARBURADORES: Delorto VHSH 30mm de guilhotina. Permitido as trocas internas de pec?as, desde que sejam pec?as originais Delorto. O filtro interno de combusti?vel e sua placa podem ser removidos, mas se mantidos devera?o ser originais sem retrabalho.
V - CA?MBIO: Todas as engrenagens devera?o ser originais, conforme ficha de homologac?a?o. Troca de marchas devera? ser exclusivamente meca?nica e acionada pela ma?o, sem a presenc?a de servos. Qualquer sistema de corte de ignic?a?o durante a troca de marchas e? proibido.

VI - RELAC?A?O: Livre.
VII - FLANGE: Livre.
VIII - VOLUME DA CA?MARA DE COMBUSTA?O: Volume mi?nimo de 11cc, medido de acordo com o procedimento do Ape?ndice No 1A Technical Regulations da CIK/FIA.

page5image23823792

IX - PISTA?O: Permitido utilizar qualquer pista?o original dos fabricantes de motor autorizados, sem retrabalho, desde que mantida a cilindrada em 125cc. (junta do cilindro liberada).
X - CILINDRO: Liberado o encamisamento e o retrabalho do cilindro de ferro fundido em liga de ni?quel cromo, ou banho de Nikasil. A?ngulo de abertura da janela de escape ma?ximo de 199° independentemente do valor constante da ficha de homologac?a?o do motor.

XI - PIRA?MIDE: Original sem retrabalho, respeitando os valores constantes da Ficha de Homologac?a?o e a especificac?a?o do motor.

Os itens na?o relacionados de motor devera?o estar de acordo com homologac?a?o CIK/FIA. 6.2.14 XII - FILTRO DE AR: Homologado CBA ou CIKFIA, sem retrabalho e completo.
XIII - IGNIC?A?O – ANALO?GICA: Original do Motor. E? permitido adicionar massa ao rotor de ignic?a?o, desde que presa ao mesmo atrave?s de dois parafusos, sem modificar as caracteri?sticas originais do rotor.

XIV - BIELA: Original das marcas homologadas.
XV - VELAS: De produc?a?o em massa e originais sem retrabalho, que sigam o diagrama CIK/FIA anexo. A qualquer momento podera? ser solicitado ao preparador comprovar a procede?ncia da vela atrave?s da embalagem ou especificac?a?o do fabricante. Medidas do corpo de rosca da vela (eletrodos na?o inclui?dos): 18,5mm ma?ximo, passo M14 x 1,25
XVI - CA?RTER: Preparac?a?o Livre
XVII - PESO: O peso do conjunto piloto/kart devera? ter no mi?nimo 180kg.
XVIII - CHASSIS E FREIOS: Chassis com Homologac?a?o CBA, CIK/CBA ou CIK-FIA dotados exclusivamente de freios completos (traseiros e dianteiros) acionados pelo pe? esquerdo, estes tambe?m com Homologac?a?o CBA, CIK/CBA ou CIK-FIA sendo usados como sistemas completos, isto e?, cilindro-mestre, ca?liper(s) (“pinc?as”), disco(s), pastilha(s) e mangueira(s). E? permitido o uso de chassi e sistema de freio de marcas diferentes, desde que homologados (conjuntamente com um chassi ou separadamente) e inspecionados previamente pelos Comissa?rios Te?cnicos. Nenhuma pec?a do chassi ou freio podera? sofrer alterac?a?o que mude a sua caracteri?stica original constante da Ficha de Homologac?a?o. Liberado apenas o retrabalho no chassi para fixac?a?o da alavanca de ca?mbio. Chassis e freios devem ser utilizados conforme suas Fichas de Homologac?a?o CIK/FIA OU CBA. Qualquer alterac?a?o em suas caracteri?sticas que na?o corresponda ao constante na FH podera? acarretar na desclassificac?a?o do concorrente.
XIX - EIXO : O eixo devera? ser construi?do em material ferroso e imanta?vel. Dia?metro do eixo 50 (mm) Espessura mi?nima da parede 1,9 (mm)
XX - PA?RA-CHOQUES: Sera? obrigato?ria a utilizac?a?o de pa?ra-choques traseiro de pla?stico, homologac?a?o CIK/CBA ou CBA.
XXI - PNEUS: MG especificac?a?o FZ (amarelo)

ARTIGO 4o - PNEUS DE CHUVA

Paragrafo 1o: MG especificac?a?o WT (Wet). Os pilotos podera?o entrar no Parque Fechado com 1 (um) jogo de pneu de chuva novo que, em caso de utilizac?a?o, sera? lacrado no Parque Fechado durante vistoria. A Direc?a?o de Provas pode autorizar ou solicitar, a qualquer momento, a troca do pneu de chuva lacrado de qualquer piloto por pneu novo por motivo de seguranc?a.
Paragrafo 2o: O jogo de pneu novo lacrado da tomada de tempos devera? ser o mesmo das provas, dentro da etapa. Qualquer reposic?a?o de pneus devera? ser solicitada ao Comissa?rio Te?cnico em ate? 30 minutos antes da largada para a prova, para que se possam tomar as devidas provide?ncias com relac?a?o a penalidades a serem aplicadas.

ARTIGO 5o - PESO DO CONJUNTO

Para?grafo 1o - Os pesos do conjunto piloto/kart sa?o mi?nimos absolutos e podera?o ser verificados a qualquer momento pelos comissa?rios te?cnicos. Ao te?rmino da prova ou tomada de tempo o kart sera? pesado em ordem de marcha.
Para?grafo 2o - O lastro, quando usado, devera? ser fixado solidamente ao kart por meio de parafuso e porca. Na categoria F4 e F4 Senior tambe?m podera? ser utilizado suporte fixado no chassi para colocac?a?o de lastro. A constatac?a?o de lastro solto acarretara? a imediata desclassificac?a?o do piloto da tomada de tempo ou prova.

Para?grafo 3o - O piloto que exceder o peso sem qualquer uso de lastro em seu conjunto podera? a cada 05 Kg (cinco) aumentar em um dente de coroa do limite pre?-estabelecido da categoria correspondente.

ARTIGO 6o - CHASSI

Sera? permitido o uso de chassi homologado pela CBA, CIK ou CIK/CBA. O chassi utilizado no SUPER KART BRASIL devera? obedecer rigorosamente a?s medidas e caracteri?sticas que constem da ficha de homologac?a?o do mesmo. Na?o sera? permitida nenhuma alterac?a?o que modifique as caracteri?sticas, medidas e formas, bem como a eliminac?a?o ou acre?scimo de pec?as ou partes do chassi.
Para?grafo 1o - A largura ma?xima traseira do kart (bitola) na?o podera? ultrapassar 1400 mm (cento e quarenta centi?metros), medidos de uma extremidade a? outra do lado externo das rodas e pneus traseiros. Para a
categoria Cadete na?o podera? ser ultrapassada a medida de 1200 mm (cento e vinte centi?metros). Para?grafo 2o - Sera? permitido o uso de tensores fixados por parafusos apenas do chassi ao banco.
Para?grafo 3o - O eixo devera? obedecer a? tabela abaixo e as limitac?o?es da categoria, e podera? ser intercambia?vel entre marcas de chassis:

Dia?metro do eixo (mm) 

30

31


Inscrição piloto
Mídias Sociais - Twitter

patrocinadores
DDirani coachIbea CarburadoresItal Sistem BrasilJB kart partsRCpartsTM Racing
apoio
AMK ViagenskgvLavitan VitaminasLPAMagiflux | ParalegoNotiluca

supervisão